Marinheiro sem mar

a vida segue me atraindo
pra longe, bem longe
sou marinheiro sem mar
navegador da ocasião
nunca me encontro traindo
salgado peregrino monge
com fé na lua e querendo amar
oração pela última paixão
Anúncios

Berlinda

pensando se preciso voltar pra terapia
vendo coisas que ainda queria
um espelho sobre a pia
um reflexo de nostalgia
ela é tão linda
um charme que não finda
e eu aqui ainda
fugindo da berlinda

Paz

Eu sinto a tua dor

e quero te ajudar

trago doses de calor

e o desejo de amar

Eu não sou perfeito

tampouco um doutor

mas multiplico o efeito

do recebido teu amor

Eu não sou ninguém

nem nada especial

nem quiça fenomenal

um humilde alguém

Eu sou quem está para chegar

com flores, gestos e carinho

acredite só um pouquinho

que a paz vai te encontrar