A morte do poeta

A morte do poeta
é a solidão que o cerca
rodeado de versos e rimas
sempre só em cada estrofe
A morte do poeta
é a repetição acelerada
dos fonemas e poemas
sempre repleto de vazios
A morte do poeta
é a sua vida que completa
em livros não publicados
romances inalcançados
Anúncios

Me dê a mão

Quem busca o amor
quem busca essa conexão
quem quer a confusão
de não mais ser só
quem vive a poesia
da partilha
quem vive a loucura
de pensar a dois
quem busca o amor
é a razão
é o coração
é a alma
quem busca o amor
me dê a mão